Saúde ao seu Alcance


Os sintomas da menopausa

Postado dia 18/06/2018

reprodutiva: a menarca, que é a primeira menstruação e indica que o corpo já está pronto para começar a reproduzir, e a menopausa, que aponta o final do ciclo reprodutor feminino.

Para algumas mulheres, a transição para a menopausa é tranquila e assintomática. Acontece apenas com a desregulação do ciclo menstrual até que a menstruação pare definitivamente de acontecer. Entretanto para outras, o climatério é um período bastante complexo. 

Entenda quais são os principais sintomas da menopausa e como amenizar suas manifestações.

Como identificar o início da menopausa?

O primeiro indício de que a menopausa se aproxima é a desregulação do ciclo menstrual. Em seguida, a redução da libido e a secura vaginal também são sintomas comuns.

Outras manifestações comuns da menopausa que acabam dificultando o diagnóstico são as mudanças de humor, fadiga, irritabilidade, ansiedade e depressão. Esses fenômenos são comuns por conta da grande variação hormonal, muitas vezes são compreendidos exclusivamente como quadros psíquicos e, por isso, acabam não sendo tratados adequadamente.

Cerca de 80% das mulheres sofrem também com os fogachos, que são ondas de calor involuntárias. Esse é um dos sintomas que mais incomoda as mulheres por um período de aproximadamente quatro anos – os dois anos anteriores à última menstruação e os dois anos posteriores a ela.

Como amenizar esses sintomas?

Os diferentes tratamentos devem ser avaliados caso a caso por médicos ginecologista e endocrinologista. Não são todas as mulheres que estão aptas a fazer reposição hormonal, como no caso de mulheres hipertensas ou diabéticas.

Alguns médicos recomendam o uso de ansiolíticos e antidepressivos para complementar a reposição hormonal e evitar que quadros depressivos mais graves tomem conta.

Há também profissionais que estimulam suas pacientes a praticarem exercícios físicos para aumentar a produção natural de serotonina, hormônio ligado à felicidade, no organismo. Eles entendem que por conta da queda natural de estrogênio e progesterona, muitas mulheres se sentem infelizes principalmente por conta das mudanças físicas causadas pela escassez desses hormônios, como a diminuição das mamas e o aumento da gordura abdominal. Com a prática de exercícios físicos fica mais fácil manter a autoestima elevada e evitar que essas mudanças sejam significativas.

Também é recomendado que as mulheres que estão entrando na menopausa consumam mais água. A constante hidratação ajuda a diminuir a frequência dos fogachos e também reduz a secura vaginal, que por vezes pode ser incômoda.

É importante lembrar que a menopausa é comum a partir dos 44 anos, portanto se você está abaixo dessa faixa etária e já apresenta dois ou mais dos sintomas mais comuns da menopausa é importante visitar o seu ginecologista e realizar uma bateria de exames.

Quando a menopausa ocorre precocemente, a mulher sofre de uma falência de ovários e a terapia de reposição hormonal é necessária, para garantir não só a possibilidade reprodutiva, mas também o bem-estar e a disposição.

Não deixe de acompanhar o seu ciclo menstrual e nem passe mais de um ano sem visitar o ginecologista. Dessa forma, é possível detectar e prevenir problemas.

Voltar para Home Ver todos