Saúde ao seu Alcance


Quando é necessário repor a melatonina?

Postado dia 20/07/2018

A melatonina ficou popularmente conhecida como o hormônio do sono. No começo de 2010, porém, o suplemento de melatonina sofreu um boom e ficou conhecido como um medicamento natural para dormir. Muitos pacientes que eram, até então, dependentes de soníferos químicos, deram lugar a esse estimulante natural do sono e voltaram a ter noites mais tranquilas.

Apesar de ser conhecida como o hormônio do sono, a melatonina é a substância responsável pela regulação do sistema circadiano do organismo. Isso tem a ver muito mais do que com noite de sono bem-dormida, pois todos os fatores podem interferir na disposição, desempenho físico e mental, alimentação e o bom funcionamento do organismo em geral. O estresse, a síndrome do pânico e até a depressão podem ser resultados de uma desregulagem no sistema circadiano.

Portanto, saibam quais são as principais funções da melatonina e se é o momento de fazer reposição do hormônio:

 

1 - Regular o sono

Uma das razões pelas quais se fala que a melatonina é o hormônio do sono é porque ela só é produzida pelo nosso organismo depois que o dia acaba. Conforme vai anoitecendo, o organismo começa a liberar melatonina na corrente sanguínea, para que a gente entenda que é chegada a hora de descansar. Os picos de produção do hormônio são entre 23 e 03 horas, mas é possível sentir a fadiga do fim do dia a partir do pôr do sol.

Portanto, o uso do suplemento à base de melatonina é indicado para pacientes que têm dificuldades crônicas de adormecer ou estão passando por períodos muito intensos de estresse, que podem prejudicar a produção natural do hormônio.

 

2 - Evitar o jet lag

O jet lag é um distúrbio temporário do sono. Ocorre quando o relógio biológico do corpo está fora de sincronia com os sinais de um novo fuso horário. Em casos específicos de grandes mudanças de fuso horário, a suplementação é indicada, pois se tem uma maior dificuldade em se adaptar ao novo ambiente por alguns dias, o que pode comprometer a qualidade de sono e a disposição do paciente.

 

3 - Combater a insônia causada pelo uso de medicamentos contínuos

Alguns medicamentos de uso contínuo como os indicados para a pressão arterial ou para o diabetes podem causar insônia e deficiência na produção de melatonina. É importante que o médico responsável pela prescrição dos medicamentos esteja ciente do uso de suplementos de melatonina, para que não tenham reações adversas.

 

4 - Fortalecer o sistema imunológico

A melatonina também é responsável por fortalecer o sistema imunológico, prevenir doenças como o câncer, o Mal de Alzheimer e auxiliar no tratamento de enxaquecas. O hormônio também tem função antioxidante, o que melhora o viço da pele e combate o envelhecimento precoce.

Voltar para Home Ver todos