Saúde ao seu Alcance


Por que temos verrugas?

Postado dia 25/09/2018

Verrugas são pequenas protuberâncias que surgem na pele e podem ter formas regulares ou irregulares. Normalmente as verrugas são indolores e muitas delas somem naturalmente com o passar do tempo. A maioria delas é causada pela presença do papilomavírus humano (HPV) e pode afetar regiões diversas. É transmitida por contato.

Tipos de verruga:

Existem cinco tipos de verruga: a verruga vulgar (ou comum), a verruga genital, a verruga periungueal ou subungueal (nas unhas), a verruga plantar (na planta dos pés), a verruga plana (achatada e amarelada) e a verruga filoforme (fininha, que parecem um fio). Essas verrugas não são malignas, mas a verruga plantar é de difícil tratamento e as verrugas genitais podem ser precursoras do desenvolvimento de tumores malignos como o câncer de pênis e o câncer de colo do útero.

Transmissão de verrugas:

Por serem resultados do HPV, as verrugas são comumente transmitidas via contato. E podem ocorrer em áreas frequentemente depiladas como pernas, axilas, virilha e rosto (no caso dos homens), áreas lesionadas ou contato sexual desprotegido. Pessoas que têm o sistema imunológico enfraquecido como transplantados e portadores de HIV estão mais propensos à contaminação, porém é possível ser contagiado também em academias, piscinas e clubes.

Tratamento e remoção de verrugas:

A maioria das verrugas não dói ou causa nenhum outro tipo de incômodo além do estético. Para essas, é possível fazer a remoção com aplicação de ácido, cauterização ou neve carbônica. Já as verrugas plantares, que normalmente sofrem pressão durante a pisada e causam dores e coceira devem ser removidas para promover maior conforto ao paciente.

Os métodos caseiros de eliminar verrugas são, muitas vezes, ineficazes e causam frustração em quem os tenta. É bastante comum que as lesões desapareçam depois de um tempo, mas caso a pessoa sinta desconforto físico ou estético por causa das verrugas, o ideal é procurar um médico para o tratamento adequado e não tentar tratar o problema por conta própria.

Voltar para Home Ver todos