Saúde ao seu Alcance


6 dúvidas comuns sobre antibióticos

Postado dia 29/10/2018

A maioria sabe que antibióticos são medicamentos mais potentes e que só podem ser comprados com receita médica. Mas muitas dúvidas são comuns quando falamos desse tipo de droga. Então vamos responder às questões mais comuns sobre o uso de antibióticos. Confira abaixo:

 

1 - Por que os antibióticos só podem ser comprados com receita?

Os antibióticos são usados no combate a bactérias. Como existem diferentes tipos de bactérias que já desenvolveram resistência a alguns princípios ativos, é necessário que o paciente passe por avaliação médica, que vai entender os sintomas, avaliar os exames e escolher o melhor medicamento a ser utilizado.

 

2 - Tem de tomar o antibiótico na hora exata?

A dosagem é medida de acordo com o tempo de vida do medicamento no nosso organismo. Então, quando o médico indica que o antibiótico deve ser tomado em intervalos de 6/8/12 horas, ele está levando isso em conta. Se o paciente toma antes do período indicado, pode ter superdosagem da droga. E se toma depois, pode atrapalhar o efeito e voltar a apresentar os sintomas anteriores, por isso é indicado sempre se atentar ao horário.

 

3 - Já me sinto melhor, posso parar o antibiótico antes?

Não. Assim como na questão do horário, o período indicado aponta quanto tempo é necessário para garantir que a bactéria seja eliminada do organismo. Então, se o médico prescreveu que o antibiótico seja consumido por 7 dias, o ideal é tomá-lo por 7 dias, não por 5, mesmo que os sintomas já tenham desaparecido.

 

4 - Por que não posso misturar o antibiótico com bebida alcoólica?

Na verdade, o ideal é não combinar nenhum medicamento com bebida alcoólica. Tanto os medicamentos quanto o álcool são metabolizados pelo fígado e, muitas vezes, a interação da droga com a bebida pode neutralizar os seus efeitos ou, pior, criar uma combinação tóxica que vai prejudicar ainda mais a recuperação do paciente. Essa combinação pode, inclusive, em algumas pessoas ser fatal.

 

5 - O uso de antibiótico pode atrapalhar o uso de outros medicamentos contínuos, como anticoncepcional ou medicamentos para diabetes e pressão alta, por exemplo?

Sim. É importante dizer ao médico que você faz uso de algum medicamento contínuo, para que ele prescreva um antibiótico que não interfira em seu tratamento atual. Caso você se esqueça de falar sobre isso durante a consulta, é possível também questionar o farmacêutico sobre as interações dos medicamentos e entender os melhores horários, para que um não anule o efeito do outro.

 

6 - Tomar antibiótico com leite corta o efeito da droga?

Alguns antibióticos podem, sim, sofrer alterações quando entram em contato com o cálcio presente no leite. Por isso é recomendado que se tome o medicamento com água e que seja respeitado um intervalo de mais ou menos 2 horas até a ingestão de leite ou laticínios.

Voltar para Home Ver todos